UFS forma novos mestres em Recursos Hídricos

Notícias | 04.03.15 | Nenhum Comentário

UFS forma novos mestres em Recursos Hídricos

O Programa de Pós-Graduação em Recursos Hídricos ( PRORH ) da Universidade Federal de Sergipe (UFS) entrega à sociedade sergipana e brasileira seus mais novos mestres e mestras.

Mais sete mestres (as) em Recursos Hídricos foram formados, totalizando, assim, 17 dissertações já defendidas. Em março e abril deste ano ocorrerão outras 3 defesas.

title in here title in here title in here title in here title in here

NOME

DATA DE DEFESA

TÍTULO

ALDJANE MOURA COSTA

ORIENTADORA: PROFª. JOSEFA ELIANE DE SIQUEIRA PINTO

27/02/2015

A DINÂMICA DA ÁGUA E DA AGRICULTURA NO PERÍMETRO IRRIGADO CALIFÓRNIA – SE

ANAIRAM PIEDADE DE SOUZA MELO

ORIENTADOR: PROF. JOSÉ PATROCÍNIO HORA

27/02/2015

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA DOS RESERVATÓRIOS ALGODOEIRO E GLÓRIA ATRAVÉS DO ÍNDICE DE QUALIDADE DE ÁGUA DE RESERVATÓRIO-IQAR

ANDRÉ LUIS LIMA BATISTA SALES

ORIENTADOR: PROFª. LAURA JANE GOMES

13/02/2015

ATUAÇÃO DOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS NA FISCALIZAÇÃO DOS DANOS AOS RECURSOS HÍDRICOS E PESCA PREDATÓRIA NO ESTADO DE SERGIPE

LEONARDO TEIXEIRA ROCHA

ORIENTADOR: PROF. MARCUS CRUZ

24/02/2015

AVALIAÇÃO DA VIABILIDADE DE USO DE PRECIPITAÇÕES OBTIDAS POR SENSORIAMENTO REMOTO EM SIMULAÇÕES HIDROLÓGICAS NA BACIA DO RIO JAPARATUBA/SE

RODOLFO RAFAEL ANDRADE DE MATOS

ORIENTADOR: INAJÁ FRANCISCO DE SOUSA

13/02/2015

AVALIAÇÃO DA PEGADA HÍDRICA VERDE E AZUL DA CULTURA DA BATATA DOCE

THAÍS NASCIMENTO MENEZES

ORIENTADOR: RONALDO RESENDE

24/02/2015

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DO USO DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO SOB DIFERENTES ÉPOCAS DE PLANTIO DA CANA-DE-AÇÚCAR

LUCIANO LIMA SANTANA

ORIENTADOR: ANTENOR DE OLIVEIRA AGUIAR NETTO

27/02/2015

CENÁRIOS DE USOS DO SOLO E EFEITOS NA PRODUÇÃO DE ÁGUA E SEDIMENTOS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO JACARÉ-SE

Alicerçado em duas linhas principais de pesquisa, Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos e Dinâmica Superficial e Subterrânea, e com um grupo de professores Doutores e Pós-Doutores da Universidade Federal de Sergipe e EMBRAPA Tabuleiros Costeiros , abrange a produção de conhecimentos integrados e o suporte à decisão para a gestão de bacias hidrográficas; modelagem dinâmica de corpos hídricos; produção de cenários para gestão integrada de bacias hidrográficas; avaliação de recursos hídricos; uso de técnicas analíticas (modelos matemáticos, geoprocessamento e sensoriamento remoto; aspectos qualitativos e quantitativos para o gerenciamento das águas superficiais e subterrâneas; análise dos componentes físicos, químicos e biológicos; reuso das águas para irrigação e disponibilidade de água.

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.