13,7 milhões sofrem com falta d'água em São Paulo

Notícias | 16.10.14 | Nenhum Comentário

13,7 milhões sofrem com falta d’água em São Paulo

A falta d’água já atinge 13,7 milhões de pessoas em 68 municípios de São Paulo, fora a capital. Desses, 38 já adotaram o racionamento, três estão em situação de emergência e um em calamidade pública.

Grandes cidades do interior, como Campinas, Piracicaba e Americana sofrem com a falta de água, mas não assumiram o racionamento. Na última terça-feira, 14, atendendo a pedido do prefeito Jonas Donizete (PSB), o governador Geraldo Alckmin (PSDB) autorizou o aumento na liberação de água do Sistema Cantareira de 3 metros cúbicos por segundo para 3,5 m3/s para evitar o colapso no abastecimento de Campinas.

Em Bauru, 158 bairros vão conviver com rodízio;
Em Piracicaba, desde o início do mês, pelo menos 20 bairros – mais de 100 mil pessoas – ficaram sem água;
Itu está sendo abastecida precariamente com a compra de três milhões de litros de água por dia em outras cidades;
O município de Cruzeiro, no Vale do Paraíba, já adotou o racionamento;
Moradores de Redenção da Serra reclamam da interrupção no abastecimento e da qualidade da água…

Enquanto isso, a presidente da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), Dilma Pena, afirmou na manhã desta quarta-feira, 15, em depoimento na Câmara Municipal, que a água vai acabar na cidade de São Paulo “em meados de novembro” . 

Fontes e mais informações : Portal A Tarde e UOL Notícias

 

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.