PopulaA�A?o brasileira deve chegar ao mA?ximo em 2042

Notícias | 30.08.13 | Nenhum Comentário

PopulaA�A?o brasileira deve chegar ao mA?ximo em 2042

A populaA�A?o brasileira continuarA? crescendo atA� 2042, quando deverA? chegar a 228,4 milhA�es de pessoas. A partir do ano seguinte, ela diminuirA? gradualmente e estarA? em torno de 218,2 milhA�es em 2060.

Esse A� um dos destaques da publicaA�A?o a�?ProjeA�A?o da PopulaA�A?o do Brasil por Sexo e Idade para o PerA�odo 2000/2060 e ProjeA�A?o da PopulaA�A?o das Unidades da FederaA�A?o por Sexo e Idade para o perA�odo 2000/2030a�?, que o IBGE disponibiliza hoje (29/8/2013) na internet.

AlA�m da projeA�A?o da populaA�A?o para o paA�s e das unidades da FederaA�A?o, a publicaA�A?o traz projeA�A�es da fecundidade feminina por faixa etA?ria, da mortalidade, da esperanA�a de vida ao nascer para o paA�s e para as unidades da FederaA�A?o e do saldo migratA?rio (imigrantes menos emigrantes) internacional e interno, entre outros indicadores.

Observa-se, por exemplo, que a idade mA�dia em que as mulheres tA?m filhos, que estA? em 26,9 anos em 2013, deve chegar a 28 anos em 2020 e 29,3 anos em 2030.

A esperanA�a de vida ao nascer deve atingir os 80,0 anos em 2041, chegando a 81,2 anos em 2060. JA? entre as unidades da FederaA�A?o, a esperanA�a de vida em Santa Catarina deve alcanA�ar os 80,2 anos jA? em 2020. Nesse mesmo ano, o MaranhA?o deve ser o estado com esperanA�a de vida mais baixa (71,7 anos), mas deve chegar a 74,0 anos em 2030 e, assim, ultrapassar RondA?nia e PiauA�, que estarA?o com esperanA�as de vida em 73,8 e 73,4 anos, respectivamente.

Em termos de saldo migratA?rio interno, em 2020 e 2030 a projeA�A?o indica que Bahia, MaranhA?o, Rio Grande do Sul, CearA?, Alagoas, PiauA� e Pernambuco deverA?o ter os maiores saldos negativos (maior nA?mero de pessoas saindo do estado), todos acima de 10 mil emigrantes, mantendo a tendA?ncia observada nas A?ltimas dA�cadas. A projeA�A?o aponta que o estado da Bahia continuarA? a ter as maiores perdas populacionais na comparaA�A?o com estes estados citados, com -46,6 mil e -39,3 mil, respectivamente. JA? Santa Catarina, SA?o Paulo, GoiA?s, Distrito Federal e EspA�rito Santo devem ter os maiores saldos positivos, todos acima de 10 mil imigrantes. Santa Catarina deve se manter com o maior saldo migratA?rio, 37,1 mil em 2020 e 34,3l em 2030. Essas tendA?ncias sA?o as mesmas observadas nos A?ltimos anos.

O conjunto das projeA�A�es incorpora as informaA�A�es mais recentes sobre as componentes do crescimento demogrA?fico (mortalidade, fecundidade e migraA�A?o), obtidas atravA�s dos resultados do Censo DemogrA?fico 2010 e dos registros administrativos de nascimentos e A?bitos. Os resultados atuais substituem os da a�?ProjeA�A?o da PopulaA�A?o do Brasil por sexo e idade: 1980-2050 – RevisA?o 2008a�?. Essas informaA�A�es possibilitam uma visA?o atual da dinA?mica demogrA?fica nacional e estadual, considerada na elaboraA�A?o das hipA?teses futuras para as projeA�A�es.

A evoluA�A?o das componentes demogrA?ficas no perA�odo 2000/2030 resultam em um significativo envelhecimento da populaA�A?o em todas as Unidades da FederaA�A?o. Contudo, espera-se que em 2030 ainda existam importantes diferenciais regionais na estrutura etA?ria da populaA�A?o. Em 2027 o Rio Grande do Sul jA? teria um nA?mero maior de idosos do que de crianA�as, ao passo que Acre, Amazonas, Roraima e AmapA? ainda teriam cerca de 30 idosos para cada 100 crianA�as, valores semelhantes aos observados nas RegiA�es Sul e Sudeste em meados da dA�cada de 2000.

A publicaA�A?o completa pode ser acessada pelo link
http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/projecao_da_populacao/2013/default.shtm

FONTE : IBGE

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.