Impacto das reduções de vazões do Baixo São Francisco

Notícias | 26.08.13 | Nenhum Comentário

Pesquisadores da UFS participam da avaliação de impacto das reduções de vazões no Baixo São Francisco

A Universidade Federal de Sergipe participou da elaboração do
“RELATÓRIO TÉCNICO DA CAMPANHA DE AVALIAÇÃO DAS MUDANÇAS
SOCIOAMBIENTAIS DECORRENTES DA REGULARIZAÇÃO DAS VAZÕES
NO BAIXO RIO SÃO FRANCISCO”

Entre os dias 10 e 13 de julho um grupo de pesquisadores formado pelas
Universidades Federais de Sergipe, Alagoas, Minas Gerais, Bahia e Rural de Pernambuco
e pela Sociedade Canoa de Tolda percorreram de lancha o rio São Francisco, da sua foz até a cidade de Piranhas em Alagoas, avaliando o impacto trazido pela redução de vazão:

Sem negociações, IBAMA autoriza redução de vazão do rio São Franciscocurso fotografia

O Relatório técnico foi apresentado pelo professor Dr. Antenor de Oliveira Aguiar Netto na plenária do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio São Francisco (CBHSF), no dia 19 de agosto de 2013, em Salvador-Bahia.

Até o final de setembro o documento completo será editorado e dispobilizado ao CBHSF e público interessado.

Ao final da expedição, os pesquisadores envolvidos – Antenor De Oliveira Aguiar Netto – Universidade Federal de Sergipe; Avani Terezinha Torres – Universidade Federal Rural de Pernambuco; Carlos Eduardo Ribeiro Júnior – Sociedade Canoa de Tolda; Cassia Juliana Torres – Universidade Federal da Bahia; Luiz Carlos da Silveira Fontes – Universidade Federal de Sergipe; Marcus Vinicius Polignano – Universidade Federal de Minas Gerais; Melchior Carlos do Nascimento – Universidade Federal de Alagoas e Sérgio Silva Araújo – Universidade Federal De Sergipe, decidiram criar o Grupo de Estudos do São Francisco (GESF)

Outros detalhes da expedição podem ser vistos  AQUI

 

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.