Programa pretende aumentar a proficiência na língua inglesa para estudantes brasileiros

Notícias | 07.03.13 | 1 Comentário

Programa de Governo pretende aumentar a proficiência na língua inglesa para estudantes brasileiros

Serão distribuídas dois milhões de senhas de acesso pessoal a estudantes de graduação e pós-graduação para a versão online do programa

Começou a funcionar na terça-feira (5) a versão online do programa Inglês sem Fronteiras, que irá oferecer diferentes tipos de apoio aos estudantes de graduação e pós-graduação, para alcançar o nível exigido de proficiência na língua para participar do Programa Ciência sem Fronteiras.

O módulo online é por meio da plataforma My English Online (MEO), elaborada pelo setor educacional da National Geographic Learning em parceria com a Cengage Learning.

Nesta fase, dois milhões de senhas de acesso pessoal serão distribuídas, pelo Ministério da Educação (MEC), a estudantes de graduação e pós-graduação matriculados em universidades públicas e alunos de instituições privadas que tenham obtido, no mínimo, 600 pontos em todas as edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) após o ano de 2009.

Parte dos estudantes já recebeu a senha e poderá acessar o programa . Quem tem interesse, e não participou da seleção, pode se inscrever no próximo edital, que ainda não tem data para ser publicado, de acordo com o MEC.

A meta do governo é distribuir cerca de cinco milhões de senhas para que um grupo maior de estudantes, inclusive do nível médio, tenham a oportunidade de aperfeiçoar seus conhecimentos em inglês de forma facilitada. Com o programa Inglês sem Fronteiras Online, os estudantes de graduação e de pós-graduação poderão desenvolver seu nível de proficiência em inglês com vistas ao ingresso no programa Ciência sem Fronteiras.

De acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o ensino de idiomas – principalmente o inglês – é de grande importância. “O inglês se consolidou como a língua das ciências internacionais, por isso, um dos objetivos deste programa é a proficiência na língua. Atualmente, o inglês é o que oferta mais oportunidades e opções de bolsas no Ciência sem Fronteiras”.

O lançamento do Ciência sem Fronteiras, e mais recentemente do Inglês sem Fronteiras, em dezembro do ano passado, já aumentou em 20% a procura por cursos de idiomas, de acordo com notícias veiculadas na mídia, informa o MEC.

Outra etapa do Inglês sem Fronteiras é o diagnóstico da proficiência do idioma. A Mastertest, empresa credenciada no Brasil pela Educational Testing Service (ETS), fará a aplicação de 500 mil testes Test of English as a Foreign Language (Toefl) para verificar o nível de inglês dos alunos das universidades brasileiras.

O Inglês sem Fronteiras, que reúne iniciativas destinadas a melhorar a proficiência em língua inglesa dos estudantes brasileiros, foi lançado em dezembro do ano passado. Na primeira etapa, o programa beneficiará 500 mil alunos da educação superior aptos a participar do programa Ciência sem Fronteiras até 2014.

O programa abrangerá todos os níveis de proficiência, do mais básico ao mais avançado. Após aplicação dos 500 mil exames do Toefl, 100 mil senhas para estudar à distância serão distribuídas aos estudantes com melhores resultados. Outros 10 mil participarão de cursos presenciais.   

Fonte:  Ministério da Educação

1 Comentário

Sou estudante de pós-graduação do curso PIGEAD(Planejamento, Implantação e Gestão do Ensino a Distância)da UFF-Universidade Federal Fluminense. Tenho grande interesse na proficiência da Língua Inglesa e gostaria de ser comunicada para próxima seleção do curso Inglês sem fronteiras-online, ou para o Test of English as a Foreign Language (Toefl).

Muito Grata,

Maria Lucia

Maria Lucia Daniel

31/05/2013

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.