Florestas

Notícias | 07.02.13 | Nenhum Comentário

MinistA�rio do Meio Ambiente vai mapear Florestas Brasileiras

Atualmente, apesar de o Brasil ser coberto por 60% de florestas nativas, os dados sobre estas A?reas limitam-se a imagens da cobertura vegetal, por satA�lites, por exemplo. O objetivo do governo A� detalhar aspectos como a qualidade dos solos, as espA�cies existentes em cada A?rea e o potencial de captura e emissA?o de gA?s carbA?nico pelas florestas.

Os investimentos para o levantamento somam, pelo menos, R$ 65 milhA�es. Os recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento EconA?mico e Social (BNDES) foram contratadosA� pelo MinistA�rio do Meio Ambiente. A proposta A� que as equipes coletem em campo as informaA�A�es sobre as A?reas e analisem todo o material que vai compor o InventA?rio Florestal Nacional (IFN), que comeA�ou a ser construA�do em 2010.

a�?Em debates internacionais sobre mudanA�as de clima, por exemplo, saberemos queA� florestas sA?o estas que temos, qual a qualidade de nossas florestas, teremos descoberta de espA�cies, conhecimento sobre espA�cies em extinA�A?o, alA�m das informaA�A�es sobre a distribuiA�A?o desses territA?rios e do potencial de uso econA?mico das florestasa�?, explicou a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

O inventA?rio tambA�m reunirA? informaA�A�es sobre florestas situadas em outros biomas, como o Cerrado e a Caatinga. Desde que o projeto foi aprovado, o governo mapeou florestas em Santa Catarina e no Distrito Federal, em uma fase experimental. Para o levantamento no Cerrado, o Banco Interamericano de Desenvolvimento disponibilizou US$ 10 milhA�es e, em Santa Catarina, os tA�cnicos descobriram florestas que estA?o sendo regeneradas naturalmente, sem que os especialistas soubessem que o processo estava ocorrendo.

Ao todo serA?o mapeados quase 22 mil pontos em todo o territA?rio nacional. Em toda AmazA?nia, haverA? em torno de 7 mil pontos. Apenas no Arco do Desmatamento, formado por RondA?nia, centro e norte do Mato Grosso e leste do ParA? e onde serA? iniciado o levantamento da regiA?o, serA?o levantadas informaA�A�es de cerca de 3 mil pontos amostrais, distantes 20 quilA?metros um do outro.

As informaA�A�es detalhadas sobres as florestas brasileiras tambA�m devem balizar as polA�ticas do governo para conservaA�A?o da biodiversidade no territA?rio nacional e as novas concessA�es florestais. a�?O Brasil sA? fez um levantamento como este uma vez, que foi publicado nos anos 1980, com dados dos anos 1970 e nA?o foi um levantamento nacional. Este A� o primeiro ‘censo’ florestal e serA? o trabalho de maior envergadura de todo o planetaa�?, disse Izabella Teixeira.

a�?Normalmente vemos as florestas do ponto de vista de perda [desmatamento e queimadas]. Com o inventA?rio vamos conhecer a floresta por dentro. Vamos obter vA?rios resultados. A ideia A� que, de 5 em 5 anos, faA�amos novas mediA�A�esa�?, acrescentou AntA?nio Carlos Hummel, diretor-geral do ServiA�o Florestal Brasileiro (SFB), que estA? conduzindo o levantamento.

AlA�m de dados sobre espA�cies arbA?reas e sobre o solo, Hummel destacou que a populaA�A?o que vive no entorno das florestas tambA�m serA? questionada. Segundo ele, serA?o aplicados quatro diferentes questionA?rios para saber como estas comunidades convivem nestes territA?rios.

Os dados serA?o divulgados parcialmente todos os anos, mas a conclusA?o de todo o levantamento sA? sairA? em 2016.

Fonte : AgA?ncia Brasil

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.