Grupo Acqua

Notícias | 04.10.12 | Nenhum Comentário

Maioria dos Mestres e Doutores do Brasil trabalha com Educação

As instituições de ensino são as que mais empregam profissionais com mestrado e doutorado no Brasil.

De acordo com o Censo Demográfico de 2010, 32,30% dos mestres e 47,78% dos doutores trabalham no ramo da educação, seja pública ou privada. Os dados fazem parte de um estudo estatístico sobre mestrado que está sendo realizado pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), organização social supervisionada pelo Ministério da Ciência e Tecnologia.

Apesar de historicamente, mestres e doutores brasileiros seguirem carreiras acadêmicas e serem absorvidos por escolas e universidades, o levantamento do CGEE mostra que outros setores têm se interessado por profissionais com pós-graduação stricto sensu, que proporciona título de mestrado ou doutorado, ao término do curso.

Depois da educação, os setores que mais empregam mestres e doutores são saúde humana e serviços sociais, seguido pelos departamentos de administração pública, defesa e seguridade social (veja números abaixo). O estudo revela que o país possuía até 2010, 566.027 pessoas com títulos de mestrado e 218.721 de doutorado. Entre os doutores, 43% trabalham com carteira assinada e 31% em regime de funcionalismo público. Já entre os mestres os números são: 50% (carteira assinada) e 20% (funcionários públicos).

Veja quem emprega mestres e doutores no Brasil
Setor Mestre Doutor
Educação 32,30% 47,78%
Saúde humana e serviços sociais 11,64% 15,17%
Administração pública, defesa e seguridade social 12,72% 10,01%
Atividades profissionais, científicas e técnicas 10,53% 9,46%
Atividades financeiras e de seguros 3,51% 1,28%
Indústrias de transformação
(ex.refinarias de petróleo, indústrias automotivas, entre outras)
5,23% 2,46%
Demais áreas 24,07% 13,84%
Fonte: Censo demográfico 2010/ elaborado pelo CGEE
por Vanessa Fajardo
Matéria Completa : Portal G1

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.