GestA?o Integrada de Rios

Notícias | 10.05.12 | Nenhum Comentário

A?gua: GestA?o Integrada de Rios na AmA�rica do Sul

O Brasil deve tomar a iniciativa de propor um plano de gestA?o de A?guas transfronteiriA�as para toda a AmA�rica do Sul, aproveitando sua posiA�A?o geogrA?fica estratA�gica e a boa relaA�A?o com os demais paA�ses do continente. A sugestA?o A� do presidente da AgA?ncia Nacional de A?guas (ANA), Vicente Andreu Guillo.

a�� Estamos sendo pouco ousados em relaA�A?o a apresentar para o mundo uma nova forma de cooperaA�A?o em torno da A?gua, estamos hoje muito aquA�m do potencial real do continente sul-americano a�� opinou.

Ele observou que a relaA�A?o dos paA�ses sul-americanos em torno das A?guas transfronteiriA�as A� a�?bastante pacA�ficaa�?, especialmente quando se compara com outras regiA�es onde ocorrem intensas disputas entre paA�ses vizinhos pelo controle de recursos hA�dricos. Por essa condiA�A?o favorA?vel no continente, Guillo acredita na possibilidade de construA�A?o de uma gestA?o unificada na AmA�rica do Sul.

No debate, JA?lio Ketterlhut, do MinistA�rio do Meio Ambiente (MMA), lembrou a posiA�A?o estratA�gica do Brasil nas duas grandes bacias hidrogrA?ficas transfronteiriA�as do continente: a AmazA?nica e a do Prata. Ele observou, no entanto, que hA? diferenA�as na forma como o paA�s se posiciona na gestA?o de cada uma delas.

Em relaA�A?o A� bacia do rio Amazonas, na qual o paA�s estA? a jusante e, por isso, depende das A?guas que vA?m de outros paA�ses, existiria uma maior preocupaA�A?o em cooperar com os vizinhos em pesquisas e aA�A�es de proteA�A?o dos rios.

JA? na Bacia do Prata, a situaA�A?o se inverte, uma vez que os rios comeA�am no Brasil, dando ao paA�s uma condiA�A?o a�?mais confortA?vela�?, como tambA�m observou Vicente Guillo.

a�� Isso se reflete nas suas aA�A�es e os paA�ses vizinhos percebem essa diferenA�a de interesses do Brasil na questA?o estratA�gica da RegiA?o AmazA?nica, em relaA�A?o A� Bacia do Prata a�� disse o presidente da ANA, ao sugerir que o paA�s deixe de ter propostas para uma ou outra bacia e apresente um plano unificado para o continente. Guillo inclusive disse considerar viA?vel a constituiA�A?o de comitA?s de bacia hidrogrA?fica com integrantes dos paA�ses cortados pelos rios.

Sustentabilidade

No debate, Clemente Baena Soares, do MinistA�rio das RelaA�A�es Exteriores (MRE), destacou o papel estratA�gico da A?gua nas discussA�es que antecedem a Rio+20, em especial no contexto da economia verde.

a�� NA?o hA? desenvolvimento sustentA?vel sem o manejo apropriado da A?gua a�� frisou, ao lembrar que a AmA�rica do Sul detA�m 30% da A?gua doce do mundo.

Ao concordar com o ministro, o senador SA�rgio Souza (PMDB-PR), que preside a subcomissA?o, observou que o Brasil deve priorizar a gestA?o e a utilizaA�A?o sustentA?vel dos recursos hA�dricos, para assegurar a disponibilidade de A?gua em quantidade e qualidade adequadas.

TambA�m a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), relatora da subcomissA?o, disse esperar que o paA�s se posicione de forma efetiva pela proteA�A?o dos recursos hA�dricos e da biodiversidade. A parlamentar disse concordar com a sugestA?o de que o Brasil seja mais propositivo no processo de integraA�A?o do continente sul-americano na gestA?o dos rios transfronteiriA�os.

Fonte: AgA?ncia Senado

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.