Água muda tudo - Acqua

Notícias | 06.04.12 | Nenhum Comentário

Relatório da ONU aponta Maior Demanda por Recursos Hídricos no Mundo

Relatório divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o desenvolvimento dos recursos hídricos no mundo afirma que o crescimento sem precedentes da demanda alimentícia, rápida urbanização e a mudança climática ameaçam significativamente o abastecimento de água global.

Segundo o texto é necessário tomar atitudes urgentes em diversos setores para evitar o desperdício de água. O relatório diz que, sem medidas drásticas, a pressão da água vai agravar as disparidades econômicas entre os países, atingindo principalmente os mais pobres.

O documento cita, por exemplo, que a utilização de recursos hídricos na agricultura deve aumentar em 19% até 2050, índice que pode ser ainda maior caso não se implemente novas tecnologias e decisões políticas sobre o tema.

Na área de energia, a Agência Internacional de Energia (AIE) calcula que pelo menos 5% do transporte mundial será alimentado por biocombustíveis em 2030 e que sua produção poderia consumir até 100% da quantidade total de água utilizada no mundo pela agricultura.

O documento cita que elevar as plantações de cana-de-açúcar, voltadas para produção do etanol, seria um plano devastador para regiões como a África Ocidental, onde já há problemas de escassez de água.

Além disso, segundo o relatório, se o atual modo de consumo não mudar, a necessidade de água destinada à produção energética crescerá 11,2% até 2050.

Sobre a questão do saneamento básico, 80% das águas residuais não são recolhidas, nem tratadas e vão direto a outras massas de água ou se infiltram no subsolo, que é fonte de problemas de saúde para a população e de uma deterioração do meio ambiente.

“A água doce não está sendo usada de forma sustentável, de acordo com as necessidades e demandas”, afirma o diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, no prefácio do relatório.

Outro ponto abordado pela ONU são as mudanças climáticas, que poderão ameaçar ao menos 2 bilhões de pessoas devido ao aumento da população em terras inundáveis e elevação do nível do mar.

O custo econômico desta situação é considerável: em 2011, por exemplo, 90% dos desastres naturais estavam ligados à água e o custo total de ao menos 373 catástrofes naturais registradas em 2010 chegou a US$ 110 bilhões.

Segundo Michel Jarraud, presidente da Agência das Nações Unidas para a Água, afirmou em comunicado divulgado pela ONU que uma resposta coletiva de toda a comunidade internacional é necessária para resolver o problema.

FONTE : Portal G1

RELATÓRIO

WWDR4 – Resumo histórico
Volume 1: Managing Water under Uncertainty and Risk
Volume 2: Knowledge Base
Volume 3: Facing the Challenges

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.