Recursos HA�dricos - Grupo Acqua

Notícias | 19.01.12 | 1 Comentário

Rede hidrolA?gica vai monitorar irrigaA�A?o de cana-de-aA�A?car

A medida visa criar estaA�A�es de monitoramento de A?gua nas regiA�es onde o plantio de cana-de-aA�A?carA�estA? estabelecido e onde hA? potencial para a expansA?o do setor.

Representantes da Secretaria de Meio Ambiente e dos Recursos HA�dricos (Semarh)A�e do Sindicato da IndA?stria de FabricaA�A?o de A?lcool do Estado de GoiA?s (Sifaeg) discutiramA�sobre a implementaA�A?o da rede de monitoramento hidrolA?gico para o setor.

O superintendente de Recursos HA�dricos da Semarh, Augusto de AraA?jo Almeida Netto ,explica que o setor canavieiro A� um dos que mais utilizam A?gua para irrigaA�A?o em GoiA?s. a�?Montar a rede de monitoramento em conjunto com a Sifaeg serA? eficaz na obtenA�A?o de dados sobre o volume hidrolA?gico,A� maior controle sobre o uso deste recurso e tambA�m vai resultar em maior agilidade na anA?lise de outorga para o uso dos recursos hA�dricos. Com isto, o setor sucroalcooleiro poderA? expandir com seguranA�a de que haverA? A?guaa�?, explica.

O objetivo A� implantar 22 estaA�A�es na primeira etapa. Com base em dados cartogrA?ficos, as regiA�es Sul e Sudoeste do Estado devem receber o maior nA?mero de estaA�A�es. Com o uso da telemetria, as informaA�A�es sobre o volume de A?gua disponA�vel para irrigaA�A?o serA?o oferecidas em tempo real, alA�m de possibilitar uma previsA?o mais precisa de aumento ou reduA�A?o no volume das A?guas. a�?Em A�poca de seca, poderemos regular o uso para cada setor da sociedade que precisa de A?gua, seja ela a agricultura, indA?stria ou uso domA�stico. O objetivo A� que haja o uso racional destes recursos, atendendo a sociedade e preservando o meio ambientea�?, complementa Augusto.

Outorga
Outra novidade para o controle do uso da A?gua que vai beneficiar tanto o meio ambiente quanto os sucroalcooleiros A�A�a outorga de A?gua em trechos de um manancial. Atualmente, a outorga A� concedida apenas em pontos de captaA�A?o de A?gua. Conforme a plantaA�A?o se estende ao longo de um manancial, o agricultor necessita ampliar o nA?mero de pontos de captaA�A?o de A?gua, o que gera vA?rios pedidos de outorga junto A� Semarh.

Com a novidade, a outorga poderA? ser concedida em um trecho do leito do rio. Para Augusto Almeida, isto vai gerar maior controle sobre o volume da vazA?o de A?gua a ser retirada do manancial por uma mesma propriedade, visto que todos os dados sobre a retirada de A?gua estarA?o em um mesmo processo, alA�m de representar um significativo desentrave burocrA?tico.

Fonte : Governo de GoiA?s – http://www.noticias.goias.gov.br/

1 Comentário

Goiás tem modificado o sistema de gestão do uso dos recursos hídricos.
O Setor sucroalcooleiro necessita melhorar a sua participação na discussão desta gestão, não apenas pela sua importância na atividade agrícola, mas também para ampliação da produção de açúcar e álcool através da irrigação não apenas de salvamento, como também a irrigação plena.

Vitor Hugo Antunes

19/01/2012

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.