Irrigação

Notícias | 16.12.11 | Nenhum Comentário

Histórico da Irrigação no Brasil

Em 1906, em esforço de desenvolvimento do país, foi criado o Instituto Federal de Obras Contra as Secas (IFOCS), substituído pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) em 1949. Para o vale do São Francisco, foi criada, em 1948, a Comissão do Vale do São Francisco (CVSF), que foi substituída pela SUVALE em 1967, e esta, pela Codevasf, em 1974. Segundo Geraldo Rocha, em sua obra “O Rio S. Francisco”, a irrigação no Vale foi iniciada ainda no primeiro quartel do século XIX, às margens do rio Grande, no Oeste da Bahia.

Ao final da década de 60, foi estruturado pelo Governo Federal o Programa Plurianual de Irrigação (PPI), visando à implementação de estudos, projetos e obras de irrigação e drenagem, particularmente na região semiárida do país, para o aproveitamento dos pequenos e grandes açudes já existentes e de cursos d’água perenes e água subterrânea.

O primeiro texto legal sobre a irrigação no Brasil data de 25 de junho de 1979, com a edição da Lei nº 6.662 – a Lei de Irrigação. Sua regulamentação ocorreu em 29 de março de 1984, mediante o Decreto nº 89.496.

A Codevasf, desde a década de 1970, vem trabalhando no sentido de captar recursos externos complementares aos do Tesouro Nacional para implementar suas diversas ações no vale. Tais esforços desenvolvem-se mediante acordos de empréstimos com organismos internacionais, notadamente com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento – BIRD, o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, o Japan Bank International Cooperation – JBIC (antigo Fundo Ultramarino de Cooperação Econômica – OECF) do governo japonês, a AGROBER e a AGROINVEST, empresas estatais da Hungria.

As vantagens da agricultura irrigada sobre a praticada tradicionalmente em sequeiro são inúmeras. Basta um breve comparativo de quatro cultivos em sequeiro e sob irrigação para entender a diferença. No Brasil, a difusão da irrigação se processou, inicialmente, em maior escala nas culturas de arroz no Rio Grande do Sul e em alguns vales da região central do país.

evolução da prática da agricultura irrigada, em termos de área implantada no país, na região Nordeste, no vale do São Francisco, está diretamente relacionada aos projetos públicos da Codevasf. Essa evolução também pode ser observada através de comparações entre as potencialidades no Nordeste do Brasil e na Califórnia (EUA).

FONTE : CODEVASF
Imagem :  USDA, Domínio Público.

Deixe seu Comentário

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.